sábado, 18 de maio de 2013

SINDSEPMA DE ARAIOSES FAZ DENÚCIA A RÁDIO GLOBO DE PARNAIBA.


http://www.portaldodelta.com/sindicato-serv-araioses-denuncia-forte-perseg-administracao-municip/

Sindicato dos Servidores de Araioses denuncia forte perseguição da administração municipal.


“Infelizmente as coisas para o servidor público do município de Araioses nesses 04 meses da nova administração piorou muito”, é o que dizem o presidente Arnaldo Machado e o vice presidente Francisco das Chagas Kim, do Sindicato dos Servidores Públicos da cidade em entrevista a Rádio Globo Parnaíba.

Direitos adquiridos por via judicial na gestão passada estão sendo usurpados no atual governo, segundo Kim, eles lutam para poder garantir os benefícios que já tinham ganhado, que são direitos constitucionais e estão no estatuto.



Presidente do Sindicato dos Servidores Públicos em Araioses


“Carga horária dos servidores, adicionais noturno, insalubridade e ajudas de custo são exemplos dos direitos dos servidores de Araioses barrados pela administração de Valeria Leal”, informa o vice presidente.

Kim comentou que a senhorita Valeria Leal, prefeita de Araioses, não representaria o cargo de fato, já que quem dita as normas da gestão no município é Manin Leal, pai da jovem.

Outra questão de extrema gravidade relatada por Kim é que o pai da prefeita, Sr. Manin Leal, ex prefeito de Santa Quitéria (MA), diz abertamente que quer aniquilar o sindicato, acabar com a entidade.”Sem o sindicato, o servidor fica sem sua ferramenta de defesa”, explica.

DSC03552

Vice presidente Francisco das Chagas (Kim)

Ainda segundo a entidade, a prefeitura está há cinco meses sem repassar as mensalidades do sindicato visando o enfraquecimento da organização dos servidores do município. “Mesmo sem receber os 05 meses do repasse, a entidade está viva, continua lutando pelos direitos dos trabalhadores do município e atendendo os anseios da classe”, disse o presidente.

“Nós sabemos que a administração desse cidadão (Manin Leal) no município vizinho (Santa. Quitéria) era de coação, de intimidação em relação àqueles que levantavam a voz contra sua maneira ditadora e tirana de administrar aquela cidade. Mas, ele já tomou consciência que aqui (Araioses), ele encontrou pessoas que baseados na lei vão enfrenta-lo em busca dos seus direitos.”, concluiu o Sr. Francisco das Chagas Kim, vice presidente do Sindicato dos Servidores públicos de Araioses.


Postar um comentário