sábado, 12 de setembro de 2015

Presidente do SINDSEPMA, desabafa.

Fonte  SINDSEPMA.



Temos enfrentado muitas dificuldades com atual gestão, quanto instituição representativa dos servidores municipais de Araioses, tivemos e temos problemas diversos: Como o não repasse por parte do município das contribuições dos servidores ao INSS; Suspensão dos consignados do banco do Brasil que virou CDC. E agora do BRADESCO que está em atraso; dificuldade em manter nossa instituição funcionando (SINDSEPMA), com a suspensão dos descontos das mensalidades em janeiro 2013 pela atual gestora, restabelecida em setembro de 2013, através de liminar da justiça do trabalho, mas que não está sendo cumprida na integra. Pois embora seja descontado na folha, a prefeitura está há três meses em atraso.

O imposto sindical  anual é descontado do trabalhador  no  mês de março não foi repassado pelo município a Caixa Econômica  para distribuição conforme a lei. Além de negar direitos aos servidores, tais como mudança de nível dos professores, titulação, adicional noturno e insalubridade de alguns servidores, jornada de trabalho e risco de vida dos vigias, adicional dos motoristas conforme a carteira de habilitação. 

Muitas são as questões em nosso município, pois não temos uma oposição atuante; dos 13 (treze) vereadores 09 (nove) fazem parte da base do governo, além do silencio da rádio e outros representantes da sociedade. 

Contamos apenas com meios alternativos de comunicação (internet), blogs, face, twitter, e como ultimo alento, apelamos para justiça, mas sabemos que é lenta, pois a demanda é muito grande e as soluções passam por muitos transmites até a conclusão de um processo. O povo faz um protesto branco nas urnas, mas enquanto isso: o sofrimento, as demandas urgentes são prejudicadas. Estamos à mercê da boa vontade daqueles que prometeram muito e pouco ou não fazem para melhorar as condições de vida do araiosense.
Postar um comentário