terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Ilha das Canárias


A ilha das Canárias localizada no municipio de Araioses Estado do Maranhão é a segunda maior ilha do Delta do Rio Parnaiba, com aproximadamente 32km², perdendo apenas para ilha Grade no Piauí. A história de Canárias tem marco inicial no dia 14 de novembro de 1806, em que o marinheiro e pescador cearense de Acaraú Francisco Bezerra, juntamente com três companheiros atraídos pela produção farta de peixes e com o objetivo de implantar a pesca de curral na barra dos mergulhões que posteriormente passou a ser chamada de canárias, devido a grande quantidade de pássaros denominados canários na região e uma planta que servia de alimento para os animais, chamada canarana. Assim o povo começou a viajar para a ilha dos canários ou da canarana.

Hoje a ilha das Canárias é área de preservação ambiental, faz parte da reserva extrativista marinha do Delta do Rio Parnaíba, sua população é de aproximadamente 2500 habitantes distribuída em quatro povoados: Canárias, Passarinho, Torto e Caiçara. Vivem da pesca e da agricultura de subsistência e com atividades secundarias como o artesanato feito com recursos naturais da própria região e o turismo, pois a região possui um grande potencial turístico, pouco desenvolvido, porém muito promissor. Na ilha produz-se basicamente o arroz nas vazantes e o pescado que é a atividade principal do local, e é exportado para a sede de município, Araióses-MA, e para o Piauí.

A religião predominante é o catolicismo e o padroeiro é São João Batista e ainda são celebrados Nossa senhora das Dores e São Francisco. As terras do povoado são comunitárias e pertencentes a São José, pois para se construir uma casa na ilha basta ter a aceitação da comunidade.
Postar um comentário